Diferenças entre Papel de Filtro Qualitativo e Quantitativo

Papéis de filtro qualitativo e quantitativo são feitos com alto índice de celulose e utilizados em processos dentro dos laboratórios. Os papéis de filtro servem para filtração e separação de elementos densos, pouco solúveis ou insolúveis.

A classificação dos papéis de filtro é feita de acordo com a porosidade que eles apresentam. Além disso eles possuem funções e usos distintos um do outro.

Papel de Filtro Quantitativo: É usado na análise gravimétrica e análise química quantitativa. Após a filtragem o peso da cinza de cada papel filtro quantitativo possui um valor fixo. Eles são feitos com fios 100% de algodão e possuem três tipos de classificação, de acordo com sua textura e velocidade da filtração:

  • Papel de Filtro Quantitativo Faixa Azul: Velocidade lenta.
  • Papel de Filtro Quantitativo Faixa Branca: Velocidade moderada.
  • Papel de Filtro Quantitativo Faixa Preta: Velocidade mais rápida ou filtração de partículas mais densas.

Papel de Filtro Qualitativo: É usado para análise química qualitativa, com a função de filtragem e separação em geral. Possui alta concentração de alfa-celulose de algodão. São mais utilizados para remover e clarificar precipitações, suspensões turvas e para análise de água e solo.

Na ForlabExpress você encontra a linha completa de Papel de Filtro Qualitativo e Quantitativo das melhores marcas no mercado. Para conferir basta acessar nossa loja online.

Para mais informações sobre nossos produtos e solicitações de orçamentos é só entrar em contato com nossa equipe comercial no e-mail info@forlabexpress.com.br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *